PR1 Rota dos Laranjais (imagens e texto do folheto oficial)



Espraiada pela vertente nascente da Serra do Caramulo, Castelões é terra que se caracteriza por elevados declives - ora armados em socalcos cobertos por extensos laranjais, ora inóspitos e selvagens, recobertos por uma multiplicidade enorme de vegetação em que predominam o Pinheiro Bravo, as Acácias e em algumas áreas já o Eucalipto - que abraçam e albergam chãos verdejantes, ricos em água e onde vegetam pastagens e culturas tradicionais.

É por estas paragens a Rota dos Laranjais


O percurso inicia-se no Parque do Coração de Maria e a caminhada segue atravessando o circuito de manutenção, em direcção a Portela. Percorrendo-se o Caminho da Igreja, os lugares seguintes são a Costa da Várzea e Eiras onde se atravessa uma das pontes sobre a ribeira de Castelões. Aqui, surge o passadiço, vencido o qual se pode ver o Poço Silveira, as quedas de água, um moinho de água e a Fonte de Chafurdo onde em tempos idos "todos iam mergulhar o cântaro".

Ao percorrer o Caminho Fundo até Quintal, lugar que se consta dever o nome à família Quental, à qual pertenceu o escritor Antero de Quental, passa-se também pela Capela de Nossa Senhora da Conceição, datada do século XVIII.
Segue-se em direcção a Vila de Rei para ver a Capela de Santo António, mas não sem antes atravessar o caminho do Povo, passando pela Quinta da Cruz e pelo Cruzeiro do Parque de São Lourenço, local de reunião dos fiéis aquando da Festa das Cruzes, uma das mais importantes celebrações religiosas do concelho.
Daqui parte-se para o Parque de São Lourenço, onde é obrigatória uma pausa, já merecida, preparatória para a subida que leva a Figueiral, onde se visita a pequena Capela de São Simão, que à custa de esmolas de 23 vizinhos pobres foi reedificada no início do século XVIII, porque se assim não fizessem "este povo metido na Serra do Caramulo" teria de ir ouvir missa à igreja Matriz, bastante longe. No interior num retábulo simples e popular, estilo joanino, encontra-se o São Simão.
Neste ponto, quem o desejar, poderá percorrer o ramal até à central eléctrica e conhecer o Poço Grande, uma belíssima queda de água.

Se não for esta a sua escolha, inicia a descida dos caminhos até à Ribeira de Castelões, abraçada por inúmeros pomares de citrinos e segue pelo Caminho dos Moinhos até aos lugares da Costa e Ribeiro, onde pode visitar a Igreja Matriz, templo de devoção a São Salvador, que no seu interior contém um conjunto de retábulos neoclássicos e onde pode ver entre as suas riquezas, duas esculturas de pedra policromada, do século XV, de Santo Antão e São Brás e ainda uma custódia de prata do século XVIII, ao percorrer algumas ruas da aldeia irá chegar ao ponto de onde partiu.




Paisagem e Ambiente Natural

Por si só a Natureza oferece uma grande diversidade de interesses, desde os campos cultivados, ainda de modo tradicional que tanto marcam as paisagens serranas, aos cursos de água com moinhos a acompanhar-lhes as margens, e à serra que deslumbra com uma paisagem de verdes, onde as manchas de laranjais dão apontamentos de cor e nos quais, sendo época própria, com a colaboração do produtor, poderá escolher, colher por si mesmo e provar a tradicional Laranja de Besteiros

Legenda das fotos

  1. Laranjais
  2. Ribeira de Castelões
  3. Flôr de Laranjeira
  4. Pormenor do Santuário Coração de Maria
  5. Sino da Capela de Nossa Sra. da Conceição
  6. Arquitectura Tradicional
  7. Sobreiro

Mapa do percurso [clica na imagem para ampliar]


Normas de conduta

  • Seguir somente pelos trilhos sinalizados;
  • Ter cuidado com o gado. Embora seja manso, não gosta de aproximação de estranhos às suas crias;
  • Evitar barulhos e atitudes que perturbem a paz do local;
  • Observar a fauna à distância, preferencialmente com o uso de binóculos;
  • Não danificar a flora;
  • Não abandonar o lixo, levando-o até um local onde haja serviço de recolha;
  • Fechar cancelas e portelos;
  • Respeitar a propriedade privada;
  • Não fazer lume;
  • Não recolher plantes ou rochas;
  • Ser afável com os habitantes locais e se, necessário, esclarece-los quanto à actividade em curso e às marcas do percurso.

Localização [clica na imagem para ampliar]

3 comentários:

OscarSanchez disse...

Es fantástico! Acredito que éste es el único sitio donde puedo encontrar información acerca de los ruteiros de Caramulo. Obrigado.

Para cuando una pagina web solo de roteiros?

webmaster disse...

Bienvenido Oscar,
pouco a pouco vão havendo mais percursos no Caramulo e vão-se acrescentando na web

Caramulinha disse...

Olá
descobri agora este vosso blogue que gostei muito.
Com o meu grupo já percorri os 4 Percursos dessa adorável Serra e descrevi-os no meu blogue.
Foi nessa Serra que nos inspiramos no nome para o blogue(ainda não conheciamos o vosso)e aconselho toda a gente a visitar e caminhar pela vossa bela região.
Parabens!Quando tiverem 1 minuto visitem o meu blogue.
Obrigada
A "Caramulinha" agradece!

http://passeiosdacaramulinha.blogspot.com/